ÁGUA DE BEBER

 

PapoSaúde

 

De acordo com o clínico geral Paulo Olzon, a quantidade adequada para cada um é variável. Além disso, o médico afirma ser infundada a preocupação de tomar uma quantia mínina, porque o próprio corpo desempenha este controle. ‘Devemos beber água sempre que sentirmos sede. Não acontece de ingerirmos menos líquido de que precisamos, exceto em casos especiais, como febre muito alta ou coma’, afirma o médico.

O especialista ainda ressalta alguns inconvenientes da mania de beber água sem parar. ‘A pessoa pode até acordar no meio da noite para ir ao banheiro e acabar gerando uma insônia por conta disso’, diz Olzon.

A nutricionista Fabiana Schimdt também põe abaixo a obrigatoriedade de ingerir emtorno de dois litros diários. ‘Existe este padrão, mas nem sempre é verdadeiro’, afirma. ‘As necessidades calóricas variam de pessoa para pessoa, assim como a quantidade de ingestão de água. O tipo de atividade física realizada também altera este percentual’, acredita.

É quase impossível crer que beber muita água possa trazer consequências desagradáveis ao organismo. Porém, o excesso nunca é saudável. ‘A ingestão excessiva dilata o estômago e faz com que a pessoa coma mais. Outro problema é a diminuição do suco gástrico, que acaba atrapalhando a digestão’, explica Fabiana.

Nesta questão, o que vale mesmo é usar o bom senso e respeitar os sinais do corpo. Mas, o urologista Pedro Assaf acredita ser difícil consumir água demais no Brasil, já que por ser um País quente as pessoas bebem água conforme sentem a necessidade de se hidratar e acabar com a sede. ‘O importante é não se esquecer de tomar água para manter os rins e a pele saudáveis’, finaliza.
Redação Terra

 

Publicado em Corpo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Nossos Papos

Todos os Papos