PEIXE TRAZ MUITO BENEFÍCIO À SAÚDE

 

PapoSaúde

Com a Páscoa, os peixes, muitas vezes ignorados pela maioria da população, ganham espaço às refeições. Mas existem motivos de sobra para incluir os pescados na alimentação do dia-a-dia e não somente na Semana Santa. Ao mesmo tempo que fornecem uma proteína de excelente valor biológico, ótima digestibilidade,  os peixes, ao contrário de outras carnes, não são ricos em gorduras saturadas.  Eles são ainda uma riquíssima fonte de ácidos graxos poliinsaturados da série ômega-3, que beneficia a saúde do coração.
 
É importante lembrar que nem todas as espécies de peixes têm a mesma composição em ácidos graxos, sendo em geral maiores os porcentuais em espécies marinhas do que em peixes de água doce.  Peixes de água fria são mais ricos em ácidos graxos poliinsaturados comparados aos de regiões tropicais.
 
Com que frequência devemos consumir peixe?
 
Segundo a American Heart Association (AHA), o recomendado é consumir peixes pelo menos duas vezes  por semana ( 2 porções semanalmente), especialmente os peixes ricos em ômega 3, como a truta, atum, salmão, arenque, sardinha, porque estão associados à redução da incidência de doenças cardiovasculares.
 
Quanto deve pesar a porção de peixe?
 
A porção de peixe (cozido) deverá pesar 99 gramas, de acordo com a American Heart Association (AHA). Traduzindo para as medidas caseiras, essa porção equivale a 1 filé pequeno de peixe (aproximadamente 100 gramas).
 
Que quantidade deve ser ingerida para obter a porção adequada de ômega-3?
 
Um estudo interessante realizado por Kris-Etherton P.M e colaboradores, publicado na revista Journal of the American Heart Association em 2002, apresentou  a  relação do tipo de peixe e a quantidade de ácidos graxos do tipo ômega-3 a ser ingerida diariamente de peixes para se alcançar a recomendação objetivando atingir aproximadamente 1 gr dos principais ácidos graxos ômega-3 por dia. Confira abaixo alguns tipos de peixes, e a quantidade sugerida para consumo pensando na oferta de ômega 3:
 

A recomendação da AHA facilita o aspecto prático do consumo de peixes. Duas porções na semana já é o suficiente para colher os benefícios na promoção da saúde.
 
O importante é lembrar que o consumo regular de peixes deve fazer parte de uma dieta equilibrada. Esse alimento oferece ao organismo maior qualidade nutricional, melhora o nível da saúde e contribui com a prevenção de doenças cardiovasculares.
Eneida Ramos

http://veja.abril.com.br/blog/viver-bem/nutricao/peixes-ricos-em-omega-3-na-promocao-da-saude/
 

Publicado em Corpo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Nossos Papos

Todos os Papos