ESSE MUNDO É O MEU!

 

PapoSério

 Que mundo é esse que anda ‘tão mal frequentado’?
 
        Quanta agonia e irritação quando fico atenta a seus erros e me sinto submetida a tudo que nesse mundo acontece: a invasão dos egoístas, a ‘folga’ dos espertos, as lamúrias eternas das ‘vítimas’, a agressividade e grosseria dos apressados, a truculência dos mais ‘fortes’, a sujeira das ruas, as árvores sufocadas pelo concreto das calçadas, a indiferença e o abuso contra qualquer forma de vida, a militância estreita e competitiva dos ‘chatos’, as atitudes irracionais, de puro vandalismo e ódio dos radicais, a mentira nas relações, a corrupção e impunidade em todos os níveis, as programações ‘culturais’ perversas contando histórias coloridas e cheias de charme de pervertidos e psicóticos, as pessoas tangidas como rebanho e se eximindo de auto-responsabilidade, a maledicência inconsequente e insensível ao Outro, o deboche usado como arma.. .
 
Esse é o lado adoecido do mundo que eu hábito, que também é o meu mundo! É o mundo do qual também faço parte! Mas não quero ficar tão irritada, desiludida, depressiva! É muito ruim!!! Parece-me que, sob esse olhar que privilegia tudo que está errado e maldoso, acabo ficando presa num túnel, para sempre tangida do ruim para o pior!
 
        Existe um outro lado desse mundo, mais sadio, que me promete e oferece gostosuras, venturas – um mundo que é, também, bem frequentado e busca se acertar! Para desfrutá-lo, preciso me dispor a procurar com meu olhar tudo nesse mundo que me faz sorrir, que me enternece, que me emociona. Depende de mim nutrir minhas necessidades mais altas de Beleza, de Verdade, de Justiça Amorosa, de Compaixão…
- preciso me dispor a ouvir crianças, abraçar filhotes fofinhos, respeitar e desfrutar da beleza da natureza à minha volta (as águas, as árvores, o céu, as montanhas, os animais, as pessoas…)
-preciso aprender a me respeitar, guardando meu espaço com firmeza e gentileza, sendo verdadeira e acolhedora, para (só assim) poder desfrutar o que o Outro tiver de melhor.
- preciso escolher o que vou ler, ouvir, assistir… Escolher com o que vou sintonizar: pessoas, mídias, programas ‘do bem’, com bons propósitos, com boa energia… Pessoas/mídias que me tragam boas notícias, notícias de Bem de que somos capazes!
 
Nada me adianta ser arrogante, crítica, revoltada… Quero ter esperança de dias sempre melhores com a certeza de que essa nave Terra e sua tripulação, humana ou não, têm um Divino Timoneiro, amoroso, pleno de sabedoria e paciência. Apesar de tantos desacertos humanos, Ele nos acompanha e aguarda, enquanto estamos a caminho!
 
Maria Tude 

 

 

Publicado em Mente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Nossos Papos

Todos os Papos