O PODER DA PERSISTENCIA

PapoSério

Por Robert Tamasy
              
O que você considera o principal requisito para obter sucesso profissional? Seria o talento? A formação? O treinamento?  Sorte?
 
Cada um desses elementos pode ser fator decisivo no sucesso profissional, mas existe outro mais importante – a persistência. Richard M. DeVos Sr., cofundador da Amway Corporation e dono da Associação Nacional de Basquetebol Orlando Magic, ofereceu esta perspectiva: ‘Se tivesse que escolher uma qualidade, uma característica pessoal mais relacionada com sucesso, em qualquer área, eu escolheria a persistência. Determinação. Vontade de resistir até o fim, ser derrubado 70 vezes e levantar do chão dizendo: ‘Aqui vai a tentativa número 71!”
 
Parece que DeVos tem um bom argumento. Se pensarmos nas pessoas que alcançaram os mais altos graus de realização, seja qual for a área, descobriremos que a maioria não alcançou sucesso da noite para o dia, mas atingiu seus objetivos através do trabalho árduo e da decisão de jamais aceitar o fracasso como veredito final. Ao ler biografias de pessoas famosas, descobrimos que elas usaram as adversidades como motivação para prossegui tentando e não como desculpa para desistir.
 
Tenho um amigo que venceu grandes desvantagens na infância e juventude para forjar uma carreira muito bem-sucedida como empreendedor e executivo de vendas. Apesar da educação limitada e da falta de treinamento, ele iniciou um programa rigoroso de autodesenvolvimento, não se importando com os zombadores que insistiam em dizer que ele estava fadado ao fracasso. Persistência, mesmo na adversidade foi sua companheira mais constante. 
 
A Bíblia tem muito a dizer sobre persistência e sua prima chegada, perseverança:
 
Persistência edifica o caráter.  Assim como exercícios persistentes fortalecem e tonificam os músculos, persistência diante dos desafios e obstáculos diários edificam o caráter e a força interior. ‘…Mas também nos gloriamos nas tribulações, porque sabemos que a tribulação produz perseverança; a perseverança, um caráter aprovado; e o caráter aprovado, esperança. E a esperança não nos decepciona…’ (Romanos 5.3-5).
 
Persistência produz alegria. Manter o curso, recusar-se a desistir e depois colher os frutos do trabalho árduo e da determinação, proporcionam senso de júbilo e realização que não podem ser alcançados de outra maneira. ‘Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma’ (Tiago 1.2-4).
 
Persistência reforça o propósito. Quando concentramos o foco em objetivos específicos, em uma missão claramente definida, isso nos ajuda a perseverar apesar do desânimo e decepções. Como DeVos afirmou, podemos ser derrubados 70 vezes e levantarmo-nos novamente. ‘Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus’ (Filipenses 3.13-14). 
 
Robert J. Tamasy, vice-presidente de comunicações da Leaders Legacy, corporação beneficente com sede em Atlanta. Geórgia, USA. Com mais de 30 anos de trabalho como jornalista, é co-autor e editor de nove livros.  Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de J. Sergio Fortes (jsmonteirofortes@gmail.com.)

MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC -

Publicado em Mente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Nossos Papos

Todos os Papos